Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

Uma História Que Vale A Pena

O Velho, O Rapaz e o Burro

O Mundo ralha de tudo.                                

                      0009rzft0009rzft

Tenha ou não tenha razão,

Quero contar uma história

Em prova desta asserção.

Partia um velho campónio

Do seu monte ao povoado,

Levava um neto que tinha

No seu burrinho montado:

Encontra uns homens que dizem:

"Olha aquela que tal é!

Montado o rapaz que é forte,

E o velho trôpego a pé."

"Tapemos a boca ao mundo",

O velho disse: "Rapaz,

Desce do burro, qu'eu monto,

E vem caminhando atrás."

Monta-se, mas dizer ouve:

"Que patetice tão rata!

O tamanhão de burrinho,

E o pobre pequeno à pata."

"Eu me apeio", diz prudente

O velho de boa-fé,

"Vá o burro sem carrego,

E vamos ambos a pé."

Apeiam-se, e outros lhe dizem:

"Toleirões, calcando lama!

De que lhes serve o burrinho?

Dormem com ele na cama?"

"Rapaz", diz o bom do velho,

"Se de irmos a pé murmuram,

Ambos no burro montemos,

A ver se inda nos censuram".

Montam, mas ouvem de um lado:

"Apeiem-se, almas de breu,

Querem matar o burrinho?

Aposto que não é seu."

"Vamos ao chão", diz o velho,

"Já não sei qu'ei-de fazer!

O mundo está de tal sorte,

Que se não pode entender.

É mau se monto no burro,

Se o rapaz monta, mau é,

Se ambos montamos, é mau,

E é mau se vamos a pé:

De tudo me têm ralhado,

Agora que mais me resta?

Peguemos no burro às costas,

Façamos inda mais esta."

Pegam no burro: o bom velho

Pelas mãos o ergue do chão,

Pega-lhe o rapaz nas pernas,

E assim caminhando vão.

"Olhem dois loucos varridos!",

Ouvem com grande sussuro,

"Fazendo mundo às avessas,

Tornados burros do burro!"

O velho então pára e exclama:

"Do qu'observo me confundo!

Por mais qu'a gente se mate

Nunca tapa a boca ao mundo.

Rapaz, vamos como dantes,

Sirvam-nos estas lições;

É mais que tolo quem dá

Ao mundo satisfações."

publicado por H. Dias Pedro hdp às 03:23

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 27 de Junho de 2007 às 20:03
Meu caro autor, não sei se este texto é ou não da sua autoria, mas parece-me que o é, e por ele lhe dou os meus sentidos parabens!! Está Fabuloso!!! Pela sabedoria que imprime ao texto, pela grande componente poética que o preenche e sua discorrente e consequente constatação das realidades deste mundo lhe digo muito sinceramente que é dos melhores textos que tenho lido!! Deixo-lhe aqui o a-parte de que certamente em nada ficariam os seus blogues a perder com mais iniciativas em "tom" de prosa como esta!! Um Grande Abraço NUGUI

Comentar post

.Blog diário de Henrique Dias Pedro Outros Blogs a Visitar (Ver LINKS abaixo): CONCRETO E IMAGINÁRIO; REAL REPÚBLICA; BLOGS EM HIBERNAÇÃO: Fábulas: O TRIPÉ - FABULÁRIO; Espaço humorístico: TODOS AO BANHO;

.pesquisar

 

.links

.posts recentes

. ALGUMAS VERDADES

. O SÚBITO AMOR PELA BANDEI...

. NOMES E CURIOSIDADES

. EXPORTAÇÕES PORTUGAL........

. O CASÓRIO

. BRINQUEDO

. RETRATO

. FAZER CONTAS

. QUE CHATICE DE JANTAR

. SUBMARINOS?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds