Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010

FAZER CONTAS

Luís Campos e Cunha, que foi o 1º ministro das finanças de Sócrates (já agora, porque é que ele quis sair ao fim de poucos meses?), disse em entrevista ao Público:

À pergunta:

O Governo optou por não aplicar um imposto sobre os lucros dos bancos. Interessa à banca?
 

Respondeu:

"Não sei. Mas a banca não deve estar particularmente aflita quanto a esse aspecto em particular. Se eu a trabalhar ganhar mais 100 euros, em contribuições e impostos pago mais 60 por cento para o Estado. Se eu ganhar mais 100 euros, porque tenho um depósito a prazo, vou pagar ao Estado 21,5 por cento. Isto é uma injustiça e um enviesamento contra os rendimentos do trabalho. E é desincentivador de trabalhar: para quê trabalhar se 60 por cento vai para o Estado?"

 

São precisos comentários?



publicado por H. Dias Pedro hdp às 00:03

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |

.Blog diário de Henrique Dias Pedro Outros Blogs a Visitar (Ver LINKS abaixo): CONCRETO E IMAGINÁRIO; REAL REPÚBLICA; BLOGS EM HIBERNAÇÃO: Fábulas: O TRIPÉ - FABULÁRIO; Espaço humorístico: TODOS AO BANHO;

.pesquisar

 

.links

.posts recentes

. FAZER CONTAS

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds